2021 – uma Odisséia pela marca!

2021 – uma Odisséia pela marca!

Caros leitores,

Hoje trazemos aqui uma reflexão/discussão sobre a cena dos videogames antigos, sobre a cena retrô!

Este site só existe por dois motivos: pela paixão, de seu autor, pelos videogames e computadores antigos e pela sintonia por esta paixão com vocês, leitores! É um site que não agrega lucros financeiros. O maior lucro que temos é o prazer de poder colaborar com a comunidade dos retro games e ter reconhecimento por isso.

Porém, algumas pessoas, tem outras visões sobre a retro comunidade. Sabemos que, de uns anos para cá, surgiram oportunidades de lucro com a produção de jogos, revistas, livros, etc. Muitas dessas produções contaram com financiamento coletivo para que pudessem se tornar viáveis!

Tudo ocorria dentro dos conformes. Cada um com sua ideia, seus apoiadores, etc. Até que, na data de hoje, descobrimos que uma das comunidades de videogame está sob ameaça de extinção.

Não vamos aqui discutir sobre a marca, sobre os envolvidos, etc. mas sim sobre a questão de, em pleno 2021, pandemia, etc. criarmos uma GUERRA por uma marca de videogame extinta há décadas.

Imaginem duas comunidades sobre um mesmo videogame, criadas e gerenciadas por pessoas distintas. Nada mais normal que isso, não é mesmo? Quanto sites / comunidades temos sobre ATARI 2600, MSX, TK´s, etc.? Elas convivem entre si, cada um com seus administradores, seus usuários e todas pelo console em questão.

Mas, uma dessas comunidades, recebe uma notificação solicitando que não utilize mais a marca do videogame em seus sites, publicações, etc. Ou seja, virou uma disputa entre duas comunidades sobre um videogame antigo. Será que existe vantagem nisso? Não era melhor deixar cada um seguir sua vida?

Pior de tudo é que há pedidos de registro no INPI para uso da referida marca, aparentemente de ambas comunidades. Ou seja, a coisa vai ficar séria e poderá tornar-se uma disputa realmente jurídica caso uma delas consiga o registro definitivo da marca.

E vocês? O que acham deste tipo de disputa? Agrega alguma coisa para os entusiastas/comunidade?

Fonte das imagens:
https://www.pcgamesn.com/star-wars-squadrons/release-date
Fonte:https://super.abril.com.br/mundo-estranho/por-que-as-explosoes-nucleares-tem-forma-de-cogumelo/

2 thoughts on “2021 – uma Odisséia pela marca!

  1. Triste esse cenário onde se procurar enriquecer ilicitamente às custas de entusiastas de uma determinada marca ou produto já extinto. Em breve os entusiastas deixarão de existir.
    Os mais jovens não tem nenhum vínculo com essas marcar antigas e portanto, se não houver uma comunidade alimentada por entusiastas da velha guarda toda essa comunidade deixará de existir. Tudo isso pelo simples motivos de uma meia dúzia de pessoas inescrupulosas e totalmente desprovidas de caráter que resolvem acabar com tudo que foi criado e está sendo alimentado, em nome do desejo de enriquecimento aparentemente fácil.
    Triste ver a que ponto chegamos. Espero que a comunidade que realmente curte essas marcas possam dar um basta nisso, judicialmente, e acabar de vez com essa palhaçada no cenário de retrogames e retrocomputação.

  2. Se ainda fosse uma marca que possuísse algum valor comercial, mas não.
    A comunidade que curte o videogame da Philips em questão é um nicho pequeno que não vai deixar ninguém rico.
    Como já mencionaram, “patent troll” total.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *